Meningite Viral – Sintomas, Tratamento e Transmissão

Meningite

A meningite viral é mais comum do que a bacteriana que é causada pelos vírus mais freqüentes poliovírus, Echo, Coxsackie e enterovírus. A meningite é uma inflamação das meninges, das membranas que recobrem o cérebro. Normalmente a meningite é mais comum em crianças do que em adultos.

Transmissão

A meningite viral é transmitida por meio da via respiratória, através das gotículas da saliva que ficam no ar. Se uma pessoa estiver infectada pelo vírus, tossir e liberar essas gotículas, outras pessoas que estiverem em contato com o vírus podem adquirir a doença. A água e os alimentos se estiverem contaminados também podem ser veículos para a transmissão da doença. Por isso é muito importante ter uma boa higiene para prevenir o contágio assim como ambientes arejados.

Sintomas

Os sintomas das meningites virais são mais leves do que as bacterianas e são parecidos com os sintomas de gripes e resfriados. Os sintomas mais frequentes são febre alta, dores fortes de cabeça, vômitos, rigidez no pescoço, irritação, moleza, fraqueza e manchas vermelhas na pele. A meningite viral não causa manchas na pele no início da doença que são parecidas com picadas de mosquitos, mas sim a meningite bacteriana que é considerada mais grave do que a viral.

Tratamento

Frequentemente ocorrem casos que o médico fica em dúvida se a meningite é viral ou bacteriana e acaba receitando antibióticos. Se não tiver certeza isto é o mais adequado a ser feito. A meningite viral deve ser tratada com suporte, ou seja, o médico deve receitar medicamentos para dor, para cortar os vômitos e hidratar o paciente, mas não existe um tratamento específico. Se as meningites forem por HSV-2 ou Herpes Zoster pode ser usado o medicamento antiviral aciclovir, mas somente o médico pode receitar o medicamento. A pessoa que estiver com a doença deve ser isolada por sete dias depois do início dos primeiros sintomas.

VN:F [1.9.22_1171]

Gostou do Artigo?

Classifique: 4.1/5 (7 votes votos)
Meningite Viral - Sintomas, Tratamento e Transmissão, 4.1 out of 5 based on 7 ratings
One Response
  1. Marli Atanazio

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *