Futsal regras básicas e fundamentos

Futsal

Assim como em outros esportes, a origem do Futsal ainda é muito discutida, pois não há informações suficientes que comprovem qualquer teoria. Um exemplo disso é que existem duas datas consideradas como a origem do Futsal. Uma das versões diz que em 1940 o futebol de salão passou a ser praticado por freqüentadores de uma associação em São Paulo, enquanto outra versão data o ano de 1934 como o início do esporte, nessa mesma associação, mas em sua sede no Uruguai. Essa segunda é tida como a mais provável pelos especialistas.

As primeiras regras do esporte foram editadas e publicadas no ano de 1956, em São Paulo, e de lá pra cá muita coisa mudou. Tanto, que no site da Confederação Brasileira de Futsal www.cbfs.com.br é possível ter acesso às regras deste ano, ou seja, com o tempo sempre há alguma alteração, por menor que seja. O Livro Nacional de Regras do Futsal da CBFS, em sua última edição, tem quase 100 páginas, que citam desde as medidas exigidas pela quadra para a prática correta do esporte, até os tipos de bolas que devem ser utilizados, e claro, todas as regras e faltas que não devem ser cometidas pelos jogadores. Para acessar este livro basta ir no campo Regras 2011 na página inicial do site da CBFS, ou clicar diretamente neste link: http://www.futsaldobrasil.com.br/2009/cbfs/LivroNacionalRegras2011/index.html.

Confira algumas das regras retiradas diretamente do Livro Nacional de Regras do Futsal:

  1. O atleta quando expulso da partida não deverá ficar no banco de reservas e nem retornar a mesma. O seu time ficará 2 minutos com 4 jogadores ou até que sofra um gol; então assim será permitido entrar um outro jogador para recompor a sua equipe.
  2. A bola estará fora de jogo quando sair completamente quer pelo solo ou pelo alto das linhas laterais ou de fundo.
  3. Quando o atleta da mesma equipe ao cobrar uma falta atrasa a bola para o goleiro e ela entra diretamente no gol, o tento não será válido e deverá ser marcado um arremesso de canto a favor da equipe adversária.
  4. Na hora do pênalti o goleiro deverá ficar sobre a linha do gol, podendo movimentar-se exclusivamente sobre ela.
  5. No lateral ou no escanteio se um atleta arremessar a bola contra a sua própria meta e a bola penetrar na mesma, tocando ou não no goleiro, o tento não será válido.
  6. No lateral se um atleta arremessar a bola contra a meta adversária e a bola penetrar na mesma antes tocando em algum jogador, inclusive o goleiro, o tento será válido.
  7. No escanteio se um atleta arremessar a bola contra a meta adversária e a bola penetrar na mesma, tocando ou não no goleiro o tento será válido.
  8. No arremesso lateral é suficiente que a bola esteja apoiada no solo colocada sobre ou junto a linha demarcatória da lateral, do lado de fora da quadra de jogo, podendo mover-se levemente.
  9. Se o goleiro demora mais que 4 segundos para executar o arremesso de meta , um tiro livre indireto (dois lances), será concedido em favor da equipe adversária, colocando-se a bola sobre a linha da área de meta e no ponto mais próximo onde ocorreu a infração.
VN:F [1.9.22_1171]

Gostou do Artigo?

Classifique: 3.6/5 (102 votes votos)
Futsal regras básicas e fundamentos, 3.6 out of 5 based on 102 ratings

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *