Cruzamento de animais – Quais tipos de cuidados tomar

Cruzamento de Animais

Antes de cruzar seu animalzinho de estimação fique atento a algumas dicas importantes.

O cão macho pode cruzar a partir dos 18 meses de vida, e a fêmea depois do terceiro cio. Recomenda-se que o macho não cruze após os 8 anos de vida, e a fêmea até os 5 anos.

Acontece em algumas vezes de a fêmea não querer cruzar, e pode até brigar com o macho. Então deixe que eles fiquem juntos por alguns dias para que se acostumem. O dia mais fértil da fêmea é o 10º dia do cio. Por isso tente fazer com que seu cão cruze nesse dia e no dia seguinte também para garantir a fertilização.

Procure um macho que seja proporcional ao tamanho da fêmea, pois se o macho for bem maior que a fêmea o feto pode crescer muito e gerar complicações no parto. Se a fêmea for maior que o macho aí não há problema algum.

Quando a fêmea estiver grávida, após o primeiro mês de gestação, é aconselhável fazer um ultra-som para saber quantos filhos nascerão e se está tudo bem com eles. Nas duas últimas semanas de gestação, substitua a ração da fêmea por ração para filhotes, ela tem mais proteínas necessárias para os filhotes.

Deixe pronto uma caminha para a fêmea num lugar que ela goste de ficar. No dia anterior ao que ela for dar a cria, ela costuma não aceitar água nem comida. As contrações começam quando ela começar a fazer força.

Não deixe de fazer o acompanhamento com o veterinário durante e depois da gestação. Ele pode te orientar e identificar se a fêmea precisará de algum cuidado especial.

VN:F [1.9.22_1171]

Gostou do Artigo?

Classifique: 3.7/5 (3 votes votos)
Cruzamento de animais - Quais tipos de cuidados tomar, 3.7 out of 5 based on 3 ratings
2 Comments
  1. vania
  2. vania

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *